Dr. Damião preside seminário de educação com amplo debate da Base Nacional Comum Curricular

O deputado Dr. Damião Feliciano (PDT-PB) presidiu ontem o seminário sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), na Câmara dos Deputados. Vice-presidente da Comissão de Educação da Casa, o parlamentar paraibano afirmou que “esse debate é um dos mais importantes no âmbito educacional em nosso país. Este segundo documento que trata da base curricular vai ser um norteador para que possamos dar um salto qualitativo na educação”.

A secretária executiva do Ministério da Educação, Maria Helena de Castro, concordou que o segundo documento produzido sobre o tema avançou muito em relação ao primeiro, mas disse que este ainda apresenta lacunas que precisam ser preenchidas. Ela defendeu a ampliação do debate, envolvendo também os Estados. “O MEC é um coordenador, mas é para a ponta que é preciso chegar essa discussão, e a base são os professores, os secretários de educação”, disse.

Para o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação, Eduardo Deschamps e para a secretária de Educação de Campina Grande, Iolanda Barbosa da Silva, não adianta apenas implantar a base curricular. “Apenas um currículo bem montado, com conteúdo, não vai funcionar. É preciso qualificar as escolas, ter gestores e professores”. Ela destacou que o BNCC “faz a roda girar, traz a escola para a universidade”.

Para Denis Mizne, diretor-executivo da Fundação Lemann, que também integrou a mesa, a base curricular é fundamental “para dar um salto no desenvolvimento do país. A base não é uma varinha de condão que vai resolver tudo, mas é um começo para construir uma nova realidade educacional no país”.

O Ciclo de Debates foi proposto pela Comissão de Educação da Câmara Federal de autoria do Dep. Rogério Marinho (PSDB-RN) e da Deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), participou também do Debate o deputado Alex Canziani (PTB-PR), presidente da Comissão Parlamentar Mista de Educação.

O Debate foi acompanhado por professores das Universidades de Brasília,  São Paulo, Presidentes de Fundações Educacionais, Superintendentes de Centros de Estudos, Coordenador Nacional pelo Direito á Educação, e diversos Especialistas da área de educação.

O debate sobre a Base Nacional Comum Curricular será estendido até o final do ano, informou o deputado Dr. Damião Feliciano. Após a discussão exaustiva sobre tema, com o envolvimento de todos os segmentos que atuam na educação, o documento final será enviado ao Conselho Nacional de Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − 1 =