Real Madrid conquista a Liga dos Campeões pela 11ª vez

Time vence Atlético de Madrid, como eM 2013, mas desta vez na disputa de pênaltis.

O Real Madrid conquistou neste sábado, no estádio San Siro, em Milão, na Itália, a Liga dos Campeões da Europa pela 11ª vez. Em um jogo com poucas emoções e muita disputa no meio-campo, o time merengue saiu na frente do Atlético de Madrid com um gol de Sério Ramos e tentou administrar a vantagem — indo contra sua tradição ofensiva, que costuma gerar muitas goleadas. Acabou castigado com o gol de empate do belga Carrasco e viu seu time cair fisicamente até a disputa de pênaltis, que acabou decidida com a cobrança de Cristiano Ronaldo, em sua única boa jogada na partida inteira.

A disputa de pênaltis é sempre uma loteria, você nunca sabe o que vai acontecer. Mostramos que a nossa equipe tem mais experiência ao converter todas as nossas cobranças. Foi incrível, uma noite mágica. A equipe trabalhou bem, fez muitos sacrifícios. Eu estava confiante na hora da cobrança. Foi difícil, porque estamos no final da temporada e os jogadores estão esgotados fisicamente. Agora, vou descansar e pensar na Eurocopa – festejou Cristiano Ronaldo.

O lateral brasileiro Danilo destacou que o título é o desfecho de uma temporada complicada:

– Foi um ano difícil, mas estou muito feliz. Aprendemos muito com Zidane, que criou uma verdadeira união na equipe. No Real Madrid, nunca nos damos como vencidos – disse.

Gareth Bale surpreendeu:

– Para ser sincero, não sinto muita coisa, apenas muitas câimbras – afirmou. – Mas que sensação incrível! Foi muito difícil jogar a prorrogação porque muitos jogadores estavam com câimbras. Mostramos capacidade de resistência – completou.
O Atlético teve a chance de empatar logo aos dois minutos do segundo tempo, quando Pepe fez pênalti em Fernando Torres. O artilheiro Griezmann bateu forte, no meio, e a bola explodiu no travessão. O Real cozinhou o jogo, até demais: perdeu gols até sofrer o empate. Em jogada pela direita, Juanfran cruzou de primeira e Carrasco apareceu para empatar o jogo.

Sergio Ramos, impedido, toca para o gol na saída do goleiro Oblak, diante de Cristiano Ronaldo, e marca para o Real Madrid na final da Liga dos Campeões contra o Atlético de Madrid - Andrew Medichini / AP Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/esportes/real-madrid-conquista-liga-dos-campeoes-pela-11-vez-19390282#ixzz4A0HCFf9D © 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Sergio Ramos, impedido, toca para o gol na saída do goleiro Oblak, diante de Cristiano Ronaldo, e marca para o Real Madrid na final da Liga dos Campeões contra o Atlético de Madrid – Andrew Medichini / AP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =