Primeira a carregar tocha, Fabiana dedica momento a “todos os atletas”

on

Bicampeã olímpica com a seleção brasileira de vôlei nos Jogos de Pequim, em 2008, e Londres, em 2012, Fabiana Claudino foi escolhida para ser a primeira pessoa a carregar a tocha olímpica em solo brasileiro. Após entregar a chama para o pesquisador Artur de Melo, a jogadora comentou sobre a emoção que sentiu ao descer a rampa do Palácio do Planalto com o símbolo olímpico .

– Dedico a todos os atletas, a todo povo brasileiro. Que a gente consiga fazer uma coisa bonita nas Olimpíadas, é o sonho de todo mundo, sei que todos estão se dedicando e correndo atrás. E a emoção que senti hoje, ainda estou procurando palavras para descrever este momento. Uma emoção, uma sensação pura – disse.

Por volta das 7h30, a chama olímpica desembarcou no Aeroporto Internacional de Brasília cercada de autoridades e com a esperança de ser o início de um tempo de paz entre os brasileiros e melhora política no país.

A tocha vai passar por cetenas de cidades, já na Paraíba, ela chega no dia 2 de junho e passará Pedras de Fogo, Itabaiana e Campina Grande. A tocha olímpica vai pernoitar para chegar em João Pessoa, e no caminho, visitará Guarabira, Mamanguape, Sapé e Santa Rita. Ela chega ao Maracanã, local da abertura dos Jogos Rio 2016, dia 5 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =